Treino de voleibol

O voleibol é um desporto que exige um elevado nível de aptidão física, englobando força, agilidade, velocidade e resistência. Um treino de voleibol abrangente é concebido para melhorar estes atributos, garantindo que os jogadores estão equipados para dar o seu melhor. Quer seja um principiante ou um jogador de elite, incorporar um treino de voleibol personalizado na sua rotina é crucial para melhorar o seu jogo.

Imagem do cartão
Sub-6
Sente e Levante
Imagem do cartão
u18, Seniores
Bolas de Musculação (2 toques)
Imagem do cartão
u12, u18, u6, Seniores
Mostre-me suas cores!
Imagem do cartão
u18, Seniores
Passe Rápido!
Imagem do cartão
Sub-18
Setters Showdown #1 a Setting Challenge Conjunto de joelhos à esquerda, conjunto de joelhos à direita
Imagem do cartão
u12, u18, Seniores
Baralhar

Treino típico de voleibol

Um treino de voleibol típico deve começar com um aquecimento dinâmico. Este inclui exercícios como jogging, joelhos altos, pontapés no rabo e círculos de braços, que aumentam o ritmo cardíaco e o fluxo sanguíneo para os músculos. Os alongamentos dinâmicos, centrados nas pernas, braços e núcleo, preparam o corpo para a atividade intensa que se segue. Veja aqui exercícios de aquecimento.

Treino de força

O treino de força é um componente essencial de um treino de voleibol. Exercícios como agachamentos, lunges e deadlifts desenvolvem a força da parte inferior do corpo, essencial para saltos poderosos e movimentos rápidos no campo. A força da parte superior do corpo, crucial para bater e bloquear, pode ser desenvolvida através de exercícios como flexões, prensas aéreas e flexões. A força do núcleo, vital para a estabilidade e potência no voleibol, é melhorada através de pranchas, torções russas e exercícios com bolas medicinais.

Agilidade e velocidade

A agilidade e a velocidade também são fundamentais para os jogadores de voleibol. Exercícios como exercícios de escada, exercícios com cones e sprints curtos melhoram o trabalho de pés, a coordenação e a capacidade de mudar de direção rapidamente. Estes exercícios de voleibol imitar os movimentos rápidos necessários durante um jogo de voleibol.

O treino de resistência não deve ser descurado num treino de voleibol. Actividades como a corrida de longa distância, o treino intervalado ou o treino em circuito ajudam a aumentar a resistência, garantindo que os jogadores conseguem manter o seu desempenho ao longo de um jogo.

Não esquecer o arrefecimento e os alongamentos

Por fim, um treino de voleibol deve terminar sempre com um arrefecimento e alongamentos. Isto ajuda na recuperação muscular, reduz a dor e aumenta a flexibilidade. Os exercícios de alongamento devem incidir sobre todos os principais grupos musculares, com especial atenção para os mais utilizados durante o jogo de voleibol.

A incorporação destes elementos num treino de voleibol resultará num atleta completo, capaz de satisfazer as exigências físicas do desporto. O treino regular, combinado com uma alimentação correcta e um descanso adequado, melhorará significativamente o desempenho de um jogador no campo.

Partilhar